Categorias

Carta de Condução Categoria B1

B1 é uma categoria que permite conduzir triciclos e quadriciclos (também conhecidos por papa reformas). Um quadriciclo é nada mais do que uma “moto 4”, mais desenvolvida ou não. Para se habilitarem a esta categoria é necessário os candidatos a alunos terem pelo menos 16 anos, podendo no entanto, iniciar a formação 6 meses antes.

Como é normal na XPTO, todos os veículos utilizados para o ensino, são criteriosamente escolhidos. Com o intuito de facilitar a aprendizagem para a categoria B1, escolhemos um Ligier, marca conceituada em competição desde 1969 até 1997 (fizeram parte desta equipa Michael Schumacher e Alan Prost, entre muitos outros). O nosso Ligier, é um veículo com aspecto radical, podendo tornar-se descapotável no verão.

Carta de Condução Categoria A1

A A1 é uma categoria da carta para motociclos, que permite conduzir estes veículos até 125 cm3 e potência máxima 11 k/W, ciclomotores e triciclos. Podem começar a tirar esta categoria partir dos 15 anos e meio de idade, ou seja, 6 meses antes de completarem os 16 anos.

A XPTO escolheu duas motas da marca Honda e Yamaha, sem apresentações pois as marcas falam por si. Como modelos, temos uma Honda CM 125 e YBR 125Custom, motociclos de qualidade superior. Permitem ser conduzidas por todo o tipo de alunos, estatura alta ou baixa, deixando de ser um entrave para quem quer obter esta categoria.
Para um acesso à categoria A2, escolhemos o mesmo veículo. Este acesso destina-se a candidatos com a idade de 18 anos, em que a potência dos motociclos é inferior a 35 KW. Assim sendo, estes estes são os motociclos ideais para esse efeito. Os candidatos a esta categoria, precisam de ter 18 anos, podendo iniciar a sua formação 6 meses antes de os completar. Após 2 anos, de possuírem esta categoria podem efectuar a formação para adquirir a categoria A.

Carta de Condução Categoria A

Para esta categoria é necessária a idade mínima de 20 anos, desde que habilitados com A2 há 2 anos, não o sendo ficam condicionados à idade de 24 anos. Ficando o candidato habilitado a conduzir qualquer motociclo.

Para a categoria A, continuamos com a marca Honda, marca Japonesa que se encontra no topo da preferência dos alunos, devido à facilidade e fiabilidade da sua condução. A Honda CB 500, é conhecida como o “Panzer” de duas rodas, devido à sua resistência e manobrabilidade.

Carta de Condução Categoria B

A XPTO, fez questão em escolher veículos, que condigam com a sua imagem. Por outro lado, um dos factores da nossa escolha, foi veículos comuns à maioria de condutores habituais, com medidas o mais próximo da realidade, para que facilite a sua condução.

Veículos de grandes dimensões prejudicam o ensino do aluno, tal como veículos demasiado complexos dificultam a aprendizagem. A nossa escolha foi o SEAT IBIZA e TOYOTA YARIS. A escola de condução X-PTO não utiliza simuladores de condução pois acredita que a melhor forma de ensino é na via pública.

Temos também veículos a gasolina, descaracterizados, para quem pretenda uma formação em veículo discreto. Mas para quem tem realmente muita dificuldade em conduzir, escolhemos o melhor veículo de sempre na instrução, o Opel Corsa 1.5 TD, opinião dada pela maioria de instrutores.

Licença Especial para Ciclomotores

Esta licença especial não se insere na normal formação a candidatos para obter carta de condução, é um curso especial como o próprio nome da licença indica. Também aqui a Escola de Condução X-PTO quer inovar, sendo a única escola do concelho de Odivelas a dar este tipo de formação.

São requisitos: Pelo menos 14 anos de idade, 7 º ano de escolaridade completo e aproveitamento escolar no último ano lectivo

 

Documentos Necessários

  • Documento Identificativo
  • Número de Contribuinte
  • Uma Fotografia Tipo Passe
  • Atestado médico.

Para A1 e B1 é necessário:

  • Termo de Responsabilidade
  • Certidão de Nascimento Narrativa Completa
  • Cópia do documento identificativo do responsável pelo aluno (menor)

Para Licença Especial para Ciclomotores são necessários os seguintes documentos:

  • Certidão narrativa de nascimento
  • Declaração paternal
  • BI do encarregado de educação
  • CC ou BI e NIF do aluno
  • Comprovativos de aproveitamento escolar
  • 2 fotos

Os comentários estão fechados